how to make gifs

Ultimas Notícias:

Cidades

NOTÍCIAS POLICIAIS

MUSICA

ENTRETENIMENTO

FOTOS DE NHAMUNDÁ

    Campanha Anti - Rábica pretende vacinar cães e gatos da zona rural

    A Comunidade do Juruá Estrada recebeu a equipe de vacinação Anti- Rábica onde pretende vacinar todos os cães e gatos contra a raiva na zona rural, para isso o apoio dos comunitários será importante.
    A coordenadora da campanha Elha Alfaia informa que a equipe estará fazendo esta campanha em todas as comunidades.
    Essa vacina é anualmente e disponibilizada gratuitamente. "Pedimos a todos os donos de animais que colabore pelo bem de todos porquê a raiva e muito perigosa".Alerta Elha Alfaia

    Prefeito de Manacapuru faz evento de lançamento de edital do concurso público

    O prefeito de Manacapuru Beto D'angelo fez o anúncio do edital do concurso público da terra da ciranda. Faz 15 anos que não acontece concurso organizado pelo município, em ginásio lotado,  Beto D'angelo disse que é com muita satisfação e sentimento de realização que ontem segunda feira foi feito o lançamento do edital para o concurso público municipal, que irá oferecer 1.073 vagas em várias áreas da administração pública.

    "Muitas pessoas esperavam há mais de 15 anos por uma oportunidade para ingressar no serviço público por meio do concurso, e hoje estamos cumprindo um dos nossos compromissos assumidos com a população, disponibilizando vagas para praticamente todas as áreas da administração municipal, resultado de um trabalho feito criteriosamente pela Comissão Organizadora. Disse Beto D'angelo.

    Essa foi uma das nossas grandes lutas enquanto ainda vereador do município, pois acredito que somente assim poderemos oferecer uma estabilidade profissional e financeira para todos aqueles que lograrem a aprovação, e assim acabar com a situação do voto de cabresto implantado por muitos anos em Manacapuru. Acrescentou.

    Fonte: Prefeitura de Manacapuru

    Cutipanã realiza seletiva da zona rural para os Jogos Escolares 2018


    Na manhã desta sexta-feira, 20 de abril, a Seduc/ Nhamundá em parceria com a secretaria municipal de Educação realizou na comunidade Cristo Rei do Cutipanã (a 383 km de Manaus) a seletiva para os jogos escolares deste ano nas categorias masculino e feminino. O evento irá selecionar as equipes das escolas da zona rural de maior potencial para a disputa com a zona urbana do município.

    O evento é uma realização do Governo do Amazonas, por meio da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc). A solenidade de abertura teve a apresentação das equipes e hino nacional brasileiro.

    A secretária de educação em exercício Roseane Ribeiro parabenizou o Coordenador da SEDUC em Nhamundá Mazinho pelos trabalhos frente a pasta estadual e disse que sempre o secretário de educação titular Neto Carvalho, prefeito Nenê Machado e vice Mantegão irão dar total apoio a eventos similares que levam a juventude para um melhor caminho como este que estamos vendo aqui no Cutipanã. Disse Roseane.

    Por: Sidinaldo Guerreiro
    Fotos: Wesley Tucupy

    Parintins tem primeira travesti a mudar nome no Cartório Eleitoral


    Raphaela do Carmo Prata foi a primeira travesti da cidade de Parintins a realizar a mudança e incluir o nome social e o gênero no Cartório da 4° Zona Eleitoral. No ato, realizado dia 03 de abril, Raphaela estava acompanhada da irmã, também travesti Bruna Amaral do Carmo. Que agora, na Justiça Eleitoral, tem registro de Bruna Monteiro Alencar.
    A mudança foi possível, pois no dia dia 22 de março, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em respeito à Constituição Federal, tomou a decisão de permite que eleitores transexuais e travestis mudem o nome social e o gênero na Justiça Eleitoral. Quem desejar realizar a mudança tem até dia 09 de maio para pedir. A decisão vale para a eleição de outubro de 2018.

    Rafaela, tem 34 anos e ao nascer foi registrada com nome de Rafael. Em contato com o site ParintinsAmazonas, comentou ser um avanço para a movimento pela defesa dos direitos da comunidade LGBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros) a decisão do TSE. “Aqui no Cartório de Parintins fomos atendidos de forma muito respeitosa por todos os funcionários. Depois que outras colegas travestis souberam já nos procuraram para saber e temos certeza que essa ação fortalece muito a nossa classe. Pois a Constituição de 1988 estava só no papel e agora o TSE colocou em prática. Tal decisão é resultado de décadas de lutas pelo Brasil. Estou super feliz”, disse Raphaela a reportagem.
    Ela pertence a diretoria do Associação de Gays, Lésbicas, Travestis e Transexuais de Parintins – AGLTPIN e também do núcleo do Movimento Trans de Parintins, ligado à Associação Trans Manaus. E atualmente é educadora dentro do projeto Viva Melhor Sabendo, parceria do Ministério da Saúde e ONG AGR Brasil. “Até minha adolescência escondia minha opção sexual. Mas na juventude assumir de vez ser gay. E desde 2008 ou 2009 assumir ser travesti, usava o nome de Raphaela Massafera. A convite do nosso presidente Fernando Moares o Dinho entrei na associação de Parintins e hoje luto pela causa. O Dinho e toda nossa diretoria sempre busca o melhor para o nosso segmento”, diz. Raphaela.



    Ela calcula que no Cartório da Justiça Eleitoral de Parintins até dez travestis devem fazer a mudança do nome social. Atualmente a associação tem cadastrados mais de 300 associados entre gays, Lésbicas, Travestis e transgêneros.

    PRECONCEITO EM TODAS AS CLASSES
    Apesar da emancipação e vitórias em várias áreas e agora na Justiça Eleitoral, Raphaela saliente que em Parintins não é diferente do restante do Brasil em termos do preconceito contra os travestis da classe GLBT. “Você sai nas ruas de Parintins e sempre tem piadinhas contra os travestis que saem vestidas com roupas de femininas . Viadinho, bicha, frutinha e outros termos. Quando não, as pessoas além de palavras fazem atos mesmo. E isso é em todas as camadas. Das nas pobres e sem escolaridade as mais bem de vida e com estudo. O preconceito está em todas as classes. Infelizmente. Mas já foi pior. Nós não vamos deixar de viver ou lutar por isso”, afirma Raphaela.
    Os dados oficiais do site do TSE sobre quantos cidadãos e cidadãs no Brasil mudaram o nome social deve sair na primeira quinzena do mês de maio. 
    Com informações do ParintinsAmazonas.
    Foto: Hudson Lima

    #ParintinsAmazonas
    #BlogDaFloresta

    Cursos técnicos do CETAM em Nhamundá, inscrições encerram dia 9 de abril


    O centro de Educação Tecnológica do Amazonas - CETAM em Nhamundá está disponibilizando dois importantes cursos para o município e especialização, Cursos Técnicos de Nutrição e Dietética, Zootecnia, e para a Especialização Técnica em Enfermagem - Instrumentação Cirúrgica.

    Só poderão se inscrever para concorrer vagas nos cursos Técnicos quem já concluiu o Ensino Médio em 2017. Quem for concluir o ensino médio este ano está VETADO!

    Só poderão se inscrever nos cursos de Especialização Técnica em Enfermagem somente aqueles que já possui o curso Técnico de enfermagem pelo CETAM ou por qualquer outra instituição, cujo o curso de Enfermagem formador ultrapasse 1.200 horas.

    Pessoas que desistiram de outros cursos Técnicos ou de Especializações, ou, quem estiver fazendo um curso Técnico pelo CETAM também estará vetado de participar deste Processo Seletivo.

    Antes de realizar sua inscrição, o Gerênte Acadêmico do CETAM Kassio Fernandes pede para que os interessados LEIAM O EDITAL DO CONCURSO pois é ele quem vai dar todos os requisitos propostos para participação no concurso. Salienta Kássio.

    A taxa de inscrição é de R$ 30,00. Depois de fazer sua inscrição, aguarde e fique atento ao calendário de eventos para a emissão do comprovante de inscrição, e aguarde o cartão de confirmação para a realização das provas.

    O Edital, assim como o link para a realização das inscrições estão disponíveis desde o dia  29 de março e vai até dia 09 de abril de 2018. Mais informações procure a Gerência do CETAM em Nhamundá, no antigo prédio da Associação de Mulheres.

    Acesse o site www.concursoscopec.com.br realize sua inscrição e boa sorte!!!

    projeto que incentiva leitura iniciou no sábado,31/03 em academia de jiu-jitsu.



    Ontem 31/03, aconteceu a Primeira edição do projeto “Literatura aos sábados”. Um projeto de inclusão literária às crianças do município que chamou a atenção ao ser publicada nas redes sociais pelo acadêmico de Letras da UEA(Universidade do Amazonas) Tonho Brito.
    O projeto é voluntário e acontece aos sábados nas dependências da Academia Nhamundá Jiu- Jitsu no horário das 14h às 16h. As atividades são gratuitas e voltadas para crianças que estão estudando nas séries iniciais do ensino fundamental. 


    Objetivo é despertar a curiosidade das crianças pelo universo literário, através da leitura. O acadêmico fez questão de agradecer a professora Marisa Sarraff que disponibilizou os livros.


    “A leitura, quando apresentada na infância, traz diversos benefícios no desenvolvimento dos pequenos: melhora o raciocínio, a coordenação motora, a imaginação, criatividade, amplia o vocabulário e auxilia no processo de aprendizagem da leitura... Nosso objetivo é inserir todos esses estímulos em livros lúdicos e interativos, que atraiam a atenção e a vontade de ler nas crianças”, explica.

    Informações:


    Academia Nhamunda Jiu Jitsu ao lado do comércio da dona Saude Bitencourt.
    Contato: (92) 992726632.
     

    Projeto de emancipação dos municípios é aprovado em Comissão Especial, no Congresso



    Frente Parlamentar e a comissão especial que analisa projeto de lei com regras para a criação de novos municípios promoveram seminário na Câmara dos Deputado

    O Movimento Emancipa Brasil conquistou mais uma vitória. O Projeto de Lei Complementar n° 137/2015, do Senado, que prevê plebiscito e estudos de viabilidade municipal para criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios, foi aprovado pela comissão especial da Câmara Federal, que discutiu nesta semana e acatou o parecer do relator, deputado Carlos Henrique Gaguim (Pode-TO). Durante a votação, representantes da Federação das Associações de Desenvolvimento Distrital Emancipalistas do Amazonas (Faddeam) estiveram presentes na votação, juntamente com a deputada federal Conceição Sampaio (Progressista-AM) e o deputado estadual Adjuto Afonso (PDT). No Amazonas, mais de 10 distritos poderão se tornar municípios, de acordo com a Faddeam.

    Deputada federal Conceição Sampaio
    “Ter autonomia para criar novos municípios é um direito que deve ser devolvido para as Assembleias Legislativas. Eu, que faço parte da frente parlamentar do Movimento Emancipa Brasil, fico muito feliz e orgulhosa por mais uma vitória conquistada. E, para avançarmos,  é necessário a ajuda de todos os deputados para aprovar esse projeto que é de extrema importância para o Estado do Amazonas”, afirmou a deputada Conceição Sampaio.

    De acordo com a proposta, a criação de município dependerá da comprovação de algumas condições. Uma delas é que tanto os novos municípios quanto os municípios já existentes que perderem população possuam, após a criação, população igual ou superior aos seguintes quantitativos mínimos regionais: 6 mil habitantes, nas regiões Norte e Centro-Oeste; 12 mil habitantes, na Região Nordeste; 20 mil habitantes, nas regiões Sul e Sudeste. Esses limites deverão ser reajustados de acordo com a publicação de dados demográficos pelo IBGE.

    A proposta exige que as mudanças sejam feitas por lei estadual, obedecidos os prazos, os procedimentos e as condições estabelecidos na lei complementar. Nesse caso, o processo de emancipação deve ser iniciado com requerimento à Assembleia Legislativa de cada Estado. O documento deve ser subscrito por 20% dos eleitores da área, em caso de criação ou desmembramento de município; ou de 3% dos eleitores de cada um dos municípios envolvidos, em caso de fusão ou de incorporação.

    Segundo o deputado Adjuto Afonso, essa aprovação foi apenas o começo da luta, pois é necessária a mobilização de todos os deputados de todos os Estados. “Por acompanhar o movimento há bastante tempo, eu vejo o quanto estamos avançando e que a luta não é em vão. A gente precisa entender que existem áreas que precisam ser emancipadas para crescer, nós temos, no Amazonas, o exemplo de municípios como Rio Preto da Eva, Iranduba, que eram distritos e que, hoje, são municípios. Então é preciso continuar lutando para que o projeto seja aprovado sem vetos”, ressaltou o parlamentar.

    Além de participarem da votação, os representantes da Faddeam também estiveram em uma reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que prometeu colocar o assunto em pauta no dia 15 de maio. E outros vários deputados da comissão especial também anunciaram reuniões com a equipe econômica do governo Michel Temer a fim de prevenir eventuais vetos ao texto.

    “A Fadeem sai de Brasília com a alma lavada, todo mundo alegre, porque essa prerrogativa, que a gente está correndo atrás, ainda não aconteceu, mas vai acontecer que é para os deputados legislarem a favor do projeto, a favor dos municípios”, afirmou o presidente da Faddeam, João Taveira de Lima. Após o encerramento da votação, os emancipacionistas cantaram o Hino Nacional Brasileiro para comemorar.

    Fonte: Blog da Floresta
    Fotos:Câmara dos deputados