how to make gifs

Ultimas Notícias:

Cidades

NOTÍCIAS POLICIAIS

MUSICA

ENTRETENIMENTO

FOTOS DE NHAMUNDÁ

Trocas de farpas e apresentação de propostas marcam debate da TV A Crítica

Foto: Marcio Silva/Acrítica
A apresentação de propostas e os embates entre candidatos ao governo do Amazonas marcaram o debate da TV A Crítica nesta sexta-feira (28). Participaram David Almeida (PSB), Omar Aziz (PSD), os candidatos Berg da UGT (Psol), Lucia Antony (PCdoB) e Wilson Lima (PSC). O governador e candidato à reeleição Amazonino Mendes (PDT) não compareceu.

O embate entre Omar Aziz e David Almeida no primeiro bloco e a troca de farpas entre Wilson Lima e David no segundo foram os momentos mais quentes do debate. David lembrou que foi convidado por Omar para ser o vice de Amazonino em uma chapa na eleição suplementar de 2017. Depois, teve a qualidade de sua atuação como gestor público questionada por Wilson.

O terceiro bloco do debate foi marcado pela exposição de propostas. Desenvolvimento econômico, educação, combate à corrupção, turismo e geração de emprego e renda foram alguns dos temas abordados pelos concorrentes.

Ouvir a comunidade escolar para melhorar a educação do Amazonas foi uma das ideias mencionadas pelo candidato Omar Aziz (PSD). “Com o conhecimento nós vamos chegar no desenvolvimento do Amazonas”, disse.

Questionado por Omar sobre sua opinião a respeito da última greve dos professores estaduais, Berg da UGT (Psol) afirmou que, em um eventual governo, valorizaria os profissionais da educação e cumpriria os reajustes salariais e a data-base da área.

“No meu governo não vai ter greve para reajuste e data-base. O trabalhador faz greve porque o patrão não cumpre os direitos”, afirmou, mencionando que o ensino fundamental precisa ser melhorado e que investimentos em ensino médio técnico também devem ser feitos.

O bloco foi de perguntas com tema livre e Wilson Lima (PSC) perguntou a David Almeida sobre propostas para o combate à corrupção. Na resposta e na tréplica, David mencionou feitos de sua gestão no mandato-tampão do Executivo Estadual e falou que irá lutar para reduzir a taxa da inspeção veicular para o valor de R$ 9,90. Hoje, a taxa custa mais de R$ 100.

Wilson Lima prometeu colocar pessoas honestas na administração pública e melhorar o Portal da Transparência do Governo do Estado. “Ele é complicado. A impressão que se tem é que isso foi montado para atrapalhar a fiscalização”, comentou Wilson sobre o recurso online.

Turismo

David perguntou à Lucia Antony (PCdoB) sobre o desenvolvimento econômico do Estado. “Vou desenvolver o interior do Estado pautado em biodiversidade, em turismo. Que o turismo seja o carro-chefe no primeiro momento para o desenvolvimento, até que a agricultura consiga se fortalecer”, respondeu a candidata, que também mencionou a criação de projetos para eventos culturais em outros municípios, como o Boi-bumbá de Parintins.

Aproveitando o tema turismo, David Almeida afirmou também ter propostas para a área colocada por Lucia como prioritária. Entre elas está a criação de um parque explorando a contemplação do Encontro das Águas e um mirante do outro lado da Ponte Rio Negro para que a “beleza de Manaus” possa ser “vista de frente”.

Trabalho, renda e Sepror

Ainda no terceiro bloco, Wilson e Berg da UGT abordaram a preparação dos trabalhadores amazonenses para a Indústria 4.0. O candidato do PSC também apresentou a proposta de que todas as obras no Estado orçadas em até R$ 80 mil para pequenas e microempresas – algo previsto em lei, segundo ele.

Quando o sistema Sepror tomou o tom debate, Omar Aziz mencionou que a produção de Açaí e a criação de gado podem ser melhoradas no estado com a adaptação de tecnologias existentes ao contexto do Amazonas.

No quarto e último bloco do debate da TV A Crítica, cada candidato teve dois minutos para suas considerações finais.
Fonte: acritica.com

OBRIGADO PELA VISITA!